AMÍDALAS CANTANTES.

Em março de1994, a convite de Ricardo Fioravante, gerente do Shopping Santo André, Tato Fischer iniciou a regência do Grupo Coral do Shopping. Com o encerramento do ano, o trabalho acabaria, mas seus participantes (cerca de 40) propuseram a continuidade.
Mudaram-se para o Sindicato dos Químicos, primeiro local a sediar o que viria a se denominar Grupo Vocal NA TOCA DO CANTO. Depois de três anos naquele endereço, o grupo acabou se mudando para o Sindicato dos Rodoviários de Santo André, trocando de nome logo após, transformando-se n’As AMÍDALAS CANTANTES.
Com direção de Tato Fischer e assistência de Célio Colella, As AMÍDALAS CANTANTES têm mostrado seu trabalho em praças públicas, teatros, escolas e associações, eparticipado de festivais e cantorias as mais diversas. Através dos Encontros Vocais organizados por Marcelo Recski, estiveram no Anfiteatro da USP (São Paulo/SP), em 95, Campos do Jordão/SP (99), Blumenau/SC (2000 e 2001) e Santos/SP (2002).

Formado em sua maioria por pessoas de mais de sessenta anos, este grupo cidadão apresentou-se em vários locais de São Paulo (Café Piu-Piu, Clube Regatas Tietê, Faculdades Oswaldo Cruz, Oficina Cultural Oswald de Andrade, Play Center, Praça Buenos Aires, Shopping Morumbi, Teatro Itália), Santo André (Câmara Municipal – várias vezes, Clube Primeiro de Maio, Concha Acústica – Praça do Carmo, Praça Ademar de Barros (Ipiranguinha), Sindicato dos Metalúrgicos, Sindicato dos Rodoviários e Teatro Municipal), Ribeirão Pires (Teatro Municipal e vários logradouros públicos), São Caetano (UniABC), São Roque (Expo-FLORA de 96), Águas da Prata e Limeira.
A princípio com repertório popular diversificado, em 2002 As AMÍDALAS CANTANTES montaram UM RETRATO DO BRASIL, espetáculo teatral com arranjos musicais feitos sob encomenda, recheado de canções folclóricas, cantigas de roda e de ninar, cânticos religiosos, canções de trabalho e de folguedos de várias regiões do Brasil, num misto de resgate e valorização de nossa música de raiz.
UM RETRATO DO BRASIL estreiou a 26 de setembro no Teatro Municipal de Santo André, com a concepção e direção de Tato Fischer. Além de confeccionar os bonecos utilizados no espetáculo, sob orientação de Thiago Kavyla, o grupo costurou o figurino desenhado por Luiz Martins. Os adereços e a estrutura cênica ficaram a cargo de Percio da Costa.

Tato Fischer & As Amídalas Cantantes.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: