“Mosaicos_A Arte de Baden Powell”_Documentário musical sobre sua trajetória:”Marianna Leporace canta Baden Powell” na TV Cultura dia 04 de janeiro de 2008

Músico Músico brasileiro Baden Powell ganha documentário musical sobre sua trajetóriaNo ano em que se comemora oficialmente os 50 anos da bossa nova, Baden Powell ganha um documentário na TV Cultura.

Com o nome de “Mosaicos -A Arte de Baden Powell”, a atração vai ao ar amanhã, às 21h.

Baden Powell ganha documentário musical sobre sua trajetória

Músico brasileiro Baden Powell ganha documentário musical sobre sua trajetória

Além de imagens da carreira do violonista, o programa mostra depoimentos e números musicais inéditos de Toquinho e Paulo César Pinheiro, e de uma nova geração de intérpretes –os violonistas Marcel Powell (filho do homenageado) e Marcus Tardelli; e as cantoras Marianna Leporace e Ana Paula Lopes.

No repertório, os grandes sucessos de Baden Powell, desde sua primeira composição gravada –“Samba Triste”, feita em parceria com Billy Blanco– até músicas que ficaram consagradas na voz de intérpretes como Elis Regina e Elizeth Cardoso, incluindo um choro inédito, “Um Abraço no Trio Elétrico” (dedicado ao instrumentista Armandinho), interpretado pelo filho do compositor, Marcel Powell, que descobriu a música nos arquivos do pai.

Durante o programa, dirigido por Nico Prado,

Baden aparece em diversas épocas da carreira, registradas no:

MPB Especial (1973),

Festival de Verão do Guarujá (1980),

Jazz Brasil (1991)

e Ensaio (1990).

Vídeos com:

 Elis Regina,

Elizeth Cardoso,

Vinicius de Moraes,

Tom Jobim

e Miúcha interpretando músicas de Baden também estão no documentário

Fonte:

http://www1.folha.uol.com.br/folha/ilustrada/ult90u359865.shtml

Mosaicos – A Arte de Baden Powell: Documentário Homenageia o músico
Mosaicos - A Arte de Baden Powell
“O violão de Baden traduz o Brasil”, avalia o poeta e compositor Hermínio Bello de Carvalho, em depoimento contido no programa Mosaicos – A Arte de Baden Powell, que será exibido pela TV Cultura na próxima sexta-feira, dia 10 de agosto, às 21h, em homenagem aos 70 anos de nascimento do compositor e violonista fluminense.|Além de exibir imagens históricas do acervo da emissora, recuperando cenas de diversas
épocas da carreira do artista, a atração apresenta depoimentos e números musicais inéditos de Toquinho e Paulo César Pinheiro, e de uma nova geração de intérpretes – os violonistas Marcel Powell e Marcus Tardelli, e as cantoras Marianna Leporace e Ana Paula Lopes.No repertório do programa estão todos os grandes sucessos de Baden Powell (1937-2000),desde sua primeira composição gravada:

  • – Samba triste, feita em parceria com Billy Blanco
  • – até as músicas que foram consagradas nas vozes de intérpretes como Elis Regina e Elizeth Cardoso.

 É uma lista interminável de sambas e canções espetaculares:

  • Canto de Ossanha;
  • Samba em prelúdio; Berimbau;
  • Tristeza e solidão (estas em parceria com Vinicius de Moraes);
  • Vou deitar e rolar (quaquaraquaquá);
  • Lapinha
  • e Refém da Solidão (que fez com Paulo César Pinheiro).Mosaicos – A Arte de Baden Powell apresenta ainda um choro inédito de Baden
  • Um abraço no trio elétrico (dedicado ao instrumentista Armandinho), interpretada pelo filho do compositor Marcel Powell, que descobriu a música nos arquivo do pai.
  • BADEN Nascido em 06 de agosto de 1937, na interiorana Varre-e-Sai, cidade fluminense localizada
    na divisa do Rio de Janeiro com Espírito Santo,

Baden Powell de Aquino mudou-se ainda
criança para a capital, indo morar no bairro de São Cristóvão.

Cresceu acompanhando rodas de choro, foi aluno de Jayme Florence (o Meira) e aprendeu ouvindo de perto mestres como Jacob do Bandolim e Pixinguinha.

Na década de 1950, já atuando intensamente como músico profissional, Baden acompanhou a modernização da música popular brasileira e se tornou o principal expoente do violão, revolucionando a maneira de tocar o instrumento. Em princípios da década de 1960, formou parceria com Vinicius de Moraes.

Juntos, entre outros discos, criaram o álbum “Afro-sambas”, lançado em 1966, contendo músicas repletas de influências africanas.

Do final dos anos 1960 até a década de 1980, Baden trabalhou intensamente na Europa, principalmente, na França e Alemanha, países onde morou e lançou dezenas de discos.

Referência musical para gerações diversas de artistas, Baden construiu uma obra que, hoje em dia, ganha vitalidade na interpretação de jovens talentos da música brasileira.

  • Repertório de músicas dos artistas convidados do programa:a.. “Lapinha” (Baden Powell/Paulo César Pinheiro) – Toquinho e Paulo César Pinheiro
    b.. “Deixa” (Baden Powell/Vinicius de Moraes) – Toquinho e Paulo César Pinheiro
    c.. “Tristeza e solidão” (Baden Powell/Vinicius de Moraes) – Toquinho e Paulo César Pinheiro
    d.. “Vou deitar e rolar (quaquaraquaquá)” (Baden Powell/Paulo César Pinheiro) – Toquinho e Paulo César Pinheiro
    e.. “Consolação” (Baden Powell/Vinicius de Moraes) – Ana Paula Lopes e banda
    f.. “Lapinha” (Baden Powell/Paulo César Pinheiro) – Ana Paula Lopes e banda
    g.. “Refém da solidão” (Baden Powell/Paulo César Pinheiro) – Marianna Leporace e Marcel Powell
    h.. “Apelo” (Baden Powell/Vinicius de Moraes) – Marianna Leporace e Marcel Powell
    i.. “Um abraço no trio elétrico” – Marcel Powell
    j.. “Samba novo” – Marcus Tardelli

http://www.cultura.sp.gov.br/portal/site/SEC/menuitem.5615c7adbcf66f17f3cc0039c1108a0c/?vgnextoid=2e8121a42f544110VgnVCM1000004c03c80aRCRD

Marianna Leporace  (Mariana dos Santos Leporace)

   15/7/1966  Rio de Janeiro, RJ
 
Veja Também: O Quinto Folia de Três
Cantora. Atriz. Produtora cultural. Jornalista. Irmã de Fernando Leporace (instrumentista, compositor e cantor) e da também cantora Gracinha Leporace.
Iniciou sua carreira profissional na década de 1980, participando dos musicais infantis “A floresta do luar não vai acabar” (1984), de Phydias Barbosa, e “Se a banana prende o mamão solta” (1985), de Dilma Lóes. Em seguida, passou a apresentar-se em várias casas de espetáculos, teatros e centro (…)
São bonitas as canções Marianna Leporace e Sheila Zagury (2000) Independente CD
Pop Acústico (2002) DeckDisc CD
O Quinto O Quinto (2003) Independente CD
Pop Acústico 2 (2003) DeckDisc CD
A canção, a voz e o violão Marianna Leporace e Willians Pereira (2004) Independente CD
Lucidez (2004) Independente CD
Pop Acústico 3 (2004) DeckDisc CD
As filhas da bossa Marianna Leporace, Kay Lyra, Ana Martins e Tatiana (2004) CD
Pessoa rara – Ivan Lins – 60 anos Folia de Três (2005) Mills Records/Mosaico Digital CD
Marianna Leporace canta Baden Powell (2007) Mills Records CD

Gravou o CD “Marianna Leporace canta Baden Powell” produzido por Kasuo Yoshida para o mercado japonês.

 

Marianna Leporace Canta Baden Powell

Refem da Solidão

Visite o blog:
www.mariannaleporace.blogger.com.br
Ouça:
www.myspace.com/mariannaleporace
www.myspace.com/mariannaleporaceewillianspereira
www.myspace.com/foliade3
www.mpbnet.com.br/canto.brasileiro/marianna.leporace/index.html
Assista Marianna Leporace:
Hebe Camargo: http://video.google.com/videoplay?docid=-2833432438055030188
Com Willians Pereira: http://www.youtube.com/watch?v=0wM2Z-9KMHk
Com Folia de 3: http://www.youtube.com/watch?v=gHIOmrUNMEc

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: